Colunista|30.dez

Espumantes para iniciar 2020 com tudo!

A virada do ano é o momento de renovar as esperanças para o nascimento de uma vida ainda melhor. Para isso, nada como entrar em grande estilo! Por isso, nós da 1500 Empório pensamos nos melhores espumantes para garantir um ano cheio de das melhores coisas. Se há recomendações de cores das roupas de baixo para garantir um ano de sucesso, nós pensamos nos espumantes:

Para o amor: Moscatel Dal Pizzol

Moscatel é uma explosão de aromas! Esse espumante equilibra frescor e doçura, um dos melhores do Brasil, que é referência internacional na elaboração deste tipo de produto. Sem contar que harmoniza perfeitamente com o costume de servir frutas frescas na noite da virada.

R$ 45,00

 

Para riqueza: Champagne Deutz Brut

Champagne é chamado na França de crémant des crémants – o espumante dos espumantes! Para um ano cheio de riquezas, nada melhor que começar o ano com a bebida com que Napoleão comemorava as suas realizações, a bebida preferida de Maria Antonieta e dos pódios de Fórmula 1.

R$ 650,00

 

Para ação, encorajamento e realizações: Casa Valduga 130 anos Brut

Trazido diretamente do Vale dos Vinhedos, esse espumante é sucesso engarrafado! O espumante top da Casa Valduga é reconhecido no Brasil e no exterior. Já foi servido em jantares oficias do Itamaraty e nas melhores mesas, não pode faltar na sua!

R$ 150,00

 

Para juventude e frescor: Miolo Millésime Brut Rosé

Uma das grandes novidades da vinícola brasileira que conquistou o coração dos parisienses com seus espumantes. Para quem se encanta com a cor do rose e o frescor dos seus aromas, é a bebida ideal!

R$ 180,00

 

Para entusiasmo e desejo: Veuve Clicquot Demi-Sec

Além da cor do rótulo, a Madame Clicquot era o entusiasmo e o desejo personificados. Sem contar, claro que um Champagne Demi-Sec vai acompanhar bem toda a diversidade de pratos típica do Réveillon.

R$ 490,00


por Livia Maciel

Lívia Maciel, Sommelière pela ABS-RS, gaúcha e sócia do 1500 Empório e Vinhos na cidade de Guarapuava/PR.

Colunista|27.jan

Terrorismo Biológico

Colunista|23.jan

Carnaval no Nordeste

Colunista|22.jan

Colapso Ecológico

Colunista|13.jan

Um doce e gordo veneno

Colunista|13.jan

Vinhos de verão