Colunista|02.jan

Sou bicho do Paraná – Morretes

Olá amigos do site da Mônica e da Viajar Mais, você está pensando onde levar a família e as crianças para passear? Nossa dica cativa os visitantes com suas ruas estreitas, antigos casarões e com o tradicional Barreado.

Situada aos pés da Serra do Mar, Morretes encanta por sua Natureza preservada, seu clima agradável, a saborosa gastronomia que oferece o famoso Barreado e suas charmosas pousadas. Morretes atrai e cativa turistas com suas ruas estreitas, antiga casarões e pontes, vida pacata e o ar descansado de seus moradores. Pode-se chegar a ela pela Estrada da Graciosa ou pela Rodovia BR-277 a 75 Km da capital Curitiba. Ou ainda, pelo trem/litorina da Serra Verde Express. A histórica Estrada da Graciosa, que liga Morretes e Antonina à capital, foi construída durante o Brasil Império e é uma das estradas mais bonita do país, margeada por flores e rios, em meio à exuberante beleza da paisagem. A marca colonial da cidade está principalmente na Igreja de São Benedito do Porto, enquanto que a Igreja Matriz guarda em seu interior a Via Sacra a óleo do famoso pintor local Theodoro de Bona. O Nhundiaquara (nhundi, peixe e quara, buraco) não apenas serviu como primeira via natural de penetração, facilitando a ligação do litoral com o Planalto, mas propiciou a extração de muito ouro. Morretes teve participação importante no ciclo da colonização paranaense, pois foi a corrida ao ouro, que levou centenas de aventureiros e mineradores a ocuparem a região. Além do ouro, também o ciclo da erva-mate marcou o desenvolvimento de Morretes, seguindo-se outras atividades agrícolas que até hoje é um dos maiores responsáveis pela vida econômica do município. Morretes é reconhecida nacionalmente como grande produtora de gengibre e dentre as cidades do Litoral destaca-se como a maior produtora de hortifrutigranjeiros e agroindústria familiar. Além da agricultura, o Turismo é o hoje o maior setor gerador de renda para a cidade. O grande propulsor é o famoso,  tradicional e histórico Barreado, prato típico do Litoral do Paraná. Fonte: Guia do Turismo Brasil

Imagens: Guia do Turismo Brasil


por Jussara Feix Klososki

Jussara Feix Klososki, casada com José Luiz Klososki, natural de Porto União - SC, atualmente reside em Guarapuava, empresária proprietária da Viajar Mais Turismo & Intercâmbio. Rua Quintino Bocaiúva, 1352- (42) 3304-6604

Colunista|27.jan

Terrorismo Biológico

Colunista|23.jan

Carnaval no Nordeste

Colunista|22.jan

Colapso Ecológico

Colunista|13.jan

Um doce e gordo veneno

Colunista|13.jan

Vinhos de verão