Cotidiano|02.jan

Como o beija-flor consegue voar para trás?

Luís Fábio Silveira, biólogo curador do Museu de Zoologia de São Paulo, explica que vários fatores fazem com que o beija-flor seja a única ave capaz de voar para trás. Em primeiro lugar, a articulação de seus ombros é muito flexível e, portanto, pode ser movimentada mais livremente do que a de outras aves. A asa, em contrapartida, é pouco flexível, fazendo com que o conjunto se comporte como uma hélice. “Esta hélice, aliada a potentes músculos peitorais, faz com que o beija-flor seja capaz de se movimentar em qualquer direção”, afirma o estudioso.

 

Fonte: O Guia dos Curiosos
Imagem destacada: Pixabay

 


por Mônica Cordova