Cotidiano|07.nov

I Mostra Técnica da Arabesque Academia de Dança

Por Vitor Thovi – Arabesque Academia de Dança

 

Ocorreu no domingo, 03 de novembro, no Teatro Municipal de Guarapuava a I Mostra Técnica da Arabesque Academia de Dança. O evento que foi um sucesso trouxe ao público as diferentes modalidades, níveis e métodos de ensino. Aproximando o público da sala de dança, tornando evidente as diferenças de cada estilo.
A I Mostra Técnica da Arabesque iniciou com música ao vivo, promovida pela escola de música Licks Music, que tocou em versão instrumental clássicos como A-Ha, Elvis Presley e Extreme. Durante o evento se apresentou vários estilos de dança e também o Yoga, uma prática oriental que conecta o corpo e a mente. Na dança, o público pôde ver as características e diferenças específicas entre diferentes níveis de Ballet, Jazz Clássico e Dança Contemporânea.
O Ballet infantil, logo de início, encantou os pais que estavam presentes. As pequenas bailarinas mostraram como as aulas de Ballet auxiliam no desenvolvimento de sua criatividade, coordenação motora e sociabilidade. Seguido pelo Ballet Juvenil e Adulto, em que a leveza percebida pelo espectador do Ballet se mostrou embasada em um desenvolvimento que exige técnica e esforço para chegar a perfeição. Em todas as apresentações foram mostrados exercícios que são realizados durante as aulas na sala de dança.
Dança combina com música, e isso não faltou na I Mostra Técnica da Arabesque! Logo após as primeiras apresentações de Ballet, a Orquestra de Câmara de Guarapuava trouxe um quinteto de cordas que tornou ainda mais especial a tarde de apresentações.

Vitor e Maria Júlia – Proprietários da Arabesque Academia de Dança

 

Em seguida, o Yoga se apresentou. O público pôde ver e sentir o relaxamento desta prática. Uma música calma tomou conta do ambiente do Teatro Municipal enquanto no palco os exercícios eram demonstrados.
Já se encaminhando para o final do evento, chegou a vez do Jazz e da Dança Contemporânea, estilos mais modernos, ocuparem o espaço do palco. O jazz clássico tem suas bases no final do século 19, mas por meio de musicais apresentados na Broadway consolidou-se como estilo de grande popularidade no século 20. Ao som de New York, New York de Frank Sinatra e com uma coreografia solo de Singing in The Rain, o Jazz cativou a plateia.
Logo após, a coreografia Tempo foi apresentada pela turma de Dança Contemporânea. Não se limitando a um conjunto de técnicas específicas, esse estilo abrange uma variedade de ritmos e tem grande liberdade de expressão e de movimentos. Todas as coreografias do evento foram criadas por Maria Julia Wichinoski e em suas palavras a coreografia Tempo representa: “As diferentes percepções do tempo que as pessoas sentem em diferentes situações de suas vidas.”
O I Mostra Técnica terminou elegantemente com a révérence final. Ao som de Don’t Stop Me Now, de Queen, em uma versão interpretada pela London Royal Philharmonic Orchestra, todos que se apresentaram subiram ao palco agradecer o prestígio do público, exceto as bailarinas menores que já estavam com os seus pais.

Aluna da Arabesque Academia de Dança

 

A Arabesque Academia de Dança deseja de agradecer a todos que ajudaram a tornar esse evento realidade. Aos alunos, pais, familiares e amigos que acreditam em nosso trabalho. Ao público pelo prestígio. A nossa maravilhosa equipe e todos que estiveram envolvidos na organização deste evento.
Direção-geral: Maria Julia Wichinoski e Vitor Wuchryn;
Coreografias: Maria Julia Wichinoski;
Professores: Ariane Milena Antunes, Aline Silva e Leonardo Rocha;
Casa da Cultura De Guarapuava: Rosevera, Adriana, Gabriel e a todos da Casa da Cultura que colaboraram com este evento;
Filmagem e Making Of: Jean Wichinoski Filmes;
Filmagem do Evento: Wellington França De Oliveira;
Fotografia: Ana Laura Fotografia;
Som e Iluminação: Gabriel Lima;
Materiais Didáticos: Letícia Rehbein e Coordenando-se;
Barra-móvel: Studio de Dança La Bayadère;
Rafael Frigo Fernandes e Família;
Licks Music Escola de Música;
Orquestra de Câmara de Guarapuava;
Emerson Segurança Privada;
Mônica Córdova – Rádio T;
Kdm Ingressos;
Eufren Kurhan;
E um agradecimento especial às famílias dos diretores, Roselita, irmãos, Vanilce, David e Jean.

Fotos: Arabesque Academia de Dança


por Mônica Cordova