Entrevista|23.set

Setembro Amarelo

Segundo a Organização Pan Americana de Saúde (Opas), metade de todas as condições de saúde mental começam aos 14 anos de idade, mas a maioria dos casos não é detectada, nem tratada. E as consequências são cada vez mais preocupantes. Além do aumento da depressão e ansiedade, dados da Opas registram crescente ocorrência de suicídios entre jovens de 15 a 24 anos.

E para falarmos mais sobre as ações de prevenção ao suicídio nas áreas de educação e cultura em Guarapuava, recebemos hoje no T-News a Diretora do Departamento de Cultura Rita Felchak, a Pró-Reitora Acadêmica do Centro Universitário Campo Real Patrícia Melhen Rosas e também a Chefe do Núcleo Regional de Educação Edil Aparecida Espínola.

Começamos conversando sobre a importância da capacitação dos professores para identificar fatores de risco, como o bulliyng pode ser um desses fatores e como a cultura pode ser aliada na luta contra o suicídio. Também falamos um pouco sobre as ações que ocorreram ao longo do mês nas escolas, no Centro Universitário Campo Real e no departamento de cultura, além de projetos que ainda irão acontecer.

Mais informações você encontra no podcast abaixo:

 


por Gustavo