Cotidiano|10.abr

Sexta-Feira Santa

A celebração da Páscoa é a maior de todas as festas do cristianismo. Revivemos junto com Jesus os principais eventos de sua trajetória na Terra: vida, paixão, morte, mas também sua ressurreição.
Passamos 40 dias vivendo mais intensamente as práticas cristãs de penitencia: jejum, oração e caridade, com o intuito de fazer morrer em nós o pecado, o homem velho, para que na páscoa, com Cristo, possa reviver o homem novo. Com Cristo morremos e com Ele revivemos.
As celebrações desses dias compõem o chamado Tríduo Pascal, são três dias, mas que formam uma única celebração. O tríduo inicia com a Quinta-feira Santa, na celebração de Lava-pés e Ceia do Senhor, essa celebração é encerrada sem a bênção final, porque terá continuidade na Sexta-feira Santa, com a Celebração da Paixão do Senhor, e somente será em encerrada no Sábado Santo, com a celebração da Vigília Pascal. Nessa celebração sim é feita a bênção final, daquela que começou na sexta-feira.

 


por Gustavo