Entrevista|25.jun

Sindicato Rural realiza plantão sobre salário-educação e cédula rural

Mais uma edição do plantão para esclarecimento de dúvidas sobre o salário-educação será realizada pelo Sindicato Rural de Guarapuava, em sua sede, nos próximos dias 25 e 26 de junho. Segundo especialistas, há ilegitimidade do pagamento do salário-educação por parte de produtores rurais pessoas físicas. Mesmo que empregue outras pessoas, o produtor rural pessoa física (sem inscrição no CNPJ) não se enquadra no conceito de empresa e, portanto, não é obrigado a recolher a contribuição social do salário-educação. Desta forma, existe a possibilidade de ações coletivas ou individuais.
Na ocasião, o plantão também esclarecerá eventuais dúvidas de produtores que tinham Cédula Rural especificamente no mês de março do ano de 1990.
O Sindicato Rural de Guarapuava tem sua sede na Rua Afonso Botelho, nº 58, no Bairro Trianon e atende das 08:00 às 11:30 e das 13:00 às 17:30 (Outras informações: 3623 1115).
Fonte: Sindicato Rural

Mônica Cordova conversou na manhã de terça-feira, 25 de junho, com Jacques Kohane, da UNK Advocacia, empresa parceira do Sindicato Rural. Ouça a entrevista completa.

 

 

por Mônica Cordova